UNICEF DISPONIBILIZA CERCA DE 222 MIL DÓLARES AMERICANOS PARA O INQUÉRITO AOS INDICADORES MÚLTIPLOS-MICS 6 NA GUINÉ-BISSAU

UNICEF DISPONIBILIZA CERCA DE 222 MIL DÓLARES AMERICANOS PARA O INQUÉRITO AOS INDICADORES MÚLTIPLOS-MICS 6 NA GUINÉ-BISSAU

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) vai disponibilizar cerca de 222 mil dólares Americanos para a sexta ronda do Inquérito aos Indicadores Múltiplos- MICS 6 no país, anunciou quinta-feira (26 de Outubro de 2017), a representante residente da organização em Bissau.

Usando da palavra a margem da apresentação das atividades do sexto “MICS” 6 num dos hotéis da capital, Cristine Jaulmes, realçou o engajamento do governo no processo, embora instou aos parceiros a disponibilizar  fundos para permitir atingir o orçamento total fixado em 940 mil dólares Americanos.

“A UNICEF já mobilizou 222 mil dólares Americanos para esta iniciativa, mas devemos mobilizar um pouco mais de recursos para podermos atingir o nosso objectivo”, declarou Cristine Jaulmes.

O encontro entre o governo e os parceiros internacionais teve como objectivo, rever o exercício MICS a nível da Guiné-Bissau, para apresentar o plano do Inquérito MICS-6 e identificar as intenções por parte das instituições participantes para a próxima ronda deste inquérito a nível dos agregados.

Presidindo a cerimónia, o secretário de estado da integração regional, José Biai, garantiu total apoio do executivo no processo do plano do inquérito aos indicadores múltiplos MICS-6.

“Tendo em conta importância deste exercício, o executivo não podia deixar de contribuir neste processo devido a importância deste Inquérito para a Guiné-Bissau”, vincou Biai.

Na ocasião, o governante revelou aos parceiros internacionais que o governo vai disponibilizar 46 mil dólares Americanos para a sexta ronda do inquérito aos indicadores múltiplos “MICS”- 6.

De referir que desde 1995, o MICS permitiu a muitos países, incluindo a Guiné-Bissau, a produzir dados actualizados, fiáveis e estatisticamente comparáveis a nível internacional, a partir de uma gama de indicadores nas áreas de mortalidade materno-infantil, educação, protecção a criança e VIH/SIDA.

A Guiné-Bissau aderiu imediatamente a iniciativa tendo já realizado com sucesso todos os 5 inquéritos MICS, sendo o mais recente de 2014.

Desde o início, a UNICEF apoiou a implementação do MICS em todo o mundo, através da prestação de assistência técnica e financeira aos países e indicadores de alta qualidade sobre a situação das famílias (mulheres, Homens e crianças). Ao longo dos últimos 21 anos, em cinco rondas MICS foram realizados perto de 300 inquéritos em mais 100 países.

/ / Alison Cabral

 

 

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu