PRESIDENTE DA CNE ESTÁ EM PORTUGAL PARA FISCALIZAR REGISTO DE ELEITORES GUINEENSES

PRESIDENTE DA CNE ESTÁ EM PORTUGAL PARA FISCALIZAR REGISTO DE ELEITORES GUINEENSES

O presidente da Comissão Nacional de Eleições da Guiné-Bissau (CNE), José Pedro Sambú, deixou este fim-de-semana o país com destino a Portugal e França para supervisionar e fiscalizar o processo de registo de potenciais eleitores nestes dois países da Europa, que agrupam maior número de guineenses.

A deslocação do líder da CNE enquadra-se no âmbito das atribuições e das prerrogativas deste órgão eleitoral estabelecidas na lei eleitoral nº 12/2013 da Comissão Nacional de Eleições no seu artigo 11, alínea a) e acontece depois de terminado, no passado dia 20 de outubro corrente, a primeira fase do recenseamento eleitoral em todo o território nacional e nalguns países da Europa e África.

José Pedro Sambú deve visitar, em Portugal e França, todas as mesas onde funcionam as brigadas do recenseamento.

Com o mesmo objetivo, o secretário-executivo da CNE, N´Pabi Cabi, esteve em Cabo-Verde durante cinco dias para supervisionar e fiscalizar a inscrição dos potenciais eleitores guineenses que deverão votar nas próximas eleições legislativas.

Entretanto, na próxima quinta-feira, 01 de novembro, uma equipa de dois membros da CNE, Felisberta Moura Vaz, secretária-executiva adjunta e porta-voz da CNE e Idrissa Djaló, secretário-executivo adjunto do mesmo órgão, deixa o país para supervisionar o processo de registo de eleitores no círculo eleitoral de África.

A porta-voz da CNE, Felisberta Moura Vaz, vai ao Senegal e Idrissa Djaló, secretário-executivo adjunto, desloca-se à Guiné-Conacri.

Por: redação

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu