PR LANÇA PEDRA PARA CONSTRUÇÃO DO POSTO DE INTERCONEXÃO DA ENERGIA DA OMVG

PR LANÇA PEDRA PARA CONSTRUÇÃO DO POSTO DE INTERCONEXÃO DA ENERGIA DA OMVG

O Chefe de Estado da Guiné-Bissau, José Mário Vaz presidiu esta segunda-feira, 04 de março de 2019, ao lançamento da primeira pedra para a construção do primeiro posto interconexão das redes elétricas em Saltinho, região do TOMBALI, no âmbito do Projeto da Energia da Organização para Valorização do Rio Gâmbia (OMVG).

O evento de lançamento da primeira pedra, trata-se do arranque oficial do projeto do fornecimento de energia elétrica das barragens de Kaleta (Guiné-Conacri) e Sambangalou (que será brevemente construída), ato esse que já teve lugar nos outros estados membros da OMVG.

No seu discurso de lançamento das obras de construção do posto da energia, José Mário Vaz revela que a realização da subestação de Saltinho oferece ao país a oportunidade de conectar os sistemas de distribuição de eletricidade com vista ao desencravamento energético das regiões, setores e comunidades rurais.

O Presidente guineense reitera o seu firme engajamento ao lado dos meus homólogos e do Alto Comissariado em continuar a dar a sua contribuição para a resolução dos problemas energéticos da sub-região.

A OMVG tem como objetivo cimeiros criar condições para gestão durável dos recursos hídricos e outros conexos. Essa gigantesca obra energética em construção emana do seu plano diretor que irá proporcionar aos estados membros a resolução dos aspetos da produção e comercialização da energia na sub-região.

Neste sentido, Mário Vaz encorajou aos atores implicados na realização do projeto, que num prazo relativamente curto, tornou possível a organização desta cerimónia do arranque dos trabalhos desse gigantesco projeto integrador na sub-região.

“Aproveito ainda, para exortar ao Alto Comissariado no sentido de redobrarem esforços e em sinergia com os Conselheiros Técnicos e as empresas responsáveis pela execução dos trabalhos a respeitarem os prazos contratualmente fixados”, declarou Vaz.

Na Guiné-Bissau vão ser construídas 218 kms de linha de interconexão de alta tensão passando pelas localidades de Saltinho, Bambadinca, Mansoa e Bissau. Respetivos postos de transformação nas mesmas localidades.

De acordo com informações disponíveis, a linha de transportes de eletricidade é 225 KV em laço, equipa de 36 pares de fibra optica. 1.677 km dos 183 na Gambia, 575 km na Guiné-Conacri, 218 km na Guiné-Bissau e 701 km no Senegal.

A OMVG é uma instituição sub-regional que reúne quatro países membros, Gambia, Guiné-Bissau, Guiné-Conacri e Senegal. O Alto Comissario da OMVG é o órgão de execução dos projetos e programas de desenvolvimento integrado implementando pelos quatro países membros para uma exploração racional e harmoniosa dos recursos hidrelétricos comuns das bacias dos rios Gambia, Kayanga Geba e Koliba-Corubal.

Por: Alison Cabral

Deixe uma resposta

Close Menu