Potencial e recursos da CPLP incentivam para cooperação

Potencial e recursos da CPLP incentivam para cooperação

Secretária-executiva do bloco, Maria do Carmo Silveira, falou à ONU News à margem da Assembleia Geral; Comunidade dos Países de Língua Portuguesa decidiu investir no viés macroeconômico para impulsar Cooperação Sul-Sul, entre outras formas de parcerias.

O interesse de nações que não falam português como língua oficial na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, tem aumentado nos últimos anos dentro e fora do espaço de Cooperação Sul-Sul.

Resultado de imagem para Secretária-executiva do bloco, Maria do Carmo Silveira

Desde 2014, por exemplo, a Guiné-Equatorial tornou-se membro de pleno direito do bloco, criado em 1996, e que tem sede em Lisboa, capital de Portugal.

Espaço

No ano passado, as candidaturas da Eslováquia, da Hungria, da República Checa e do Uruguai como observadores associados foram aceitas pela Comunidade. Já tinham estatuto de observadores: Geórgia, Japão, Namíbia, Senegal e as Ilhas Maurício.

Ao ser perguntada pela ONU News, em Nova Iorque, sobre o interesse de outros países na Cplp, a secretária-executiva, Maria do Carmo Silveira, respondeu:

“Nós somos países com um enorme potencial em termos de recursos naturais, energéticos, recursos florestais turísticos, recursos em termos de mares, oceanos. Portanto, há um enorme potencial que tem que ser explorado. Portanto, os países terceiros olham para este espaço da língua portuguesa para além de ser um espaço geopolítico, geoestratégico é um espaço geo-econômico.”

Maria do Carmo Silveira contou também que a Cplp deve apostar na cooperação econômico-empresarial, como previsto, na última Cimeira dos Chefes de Estado e Governo em Díli, Timor-Leste.

Ela explicou que o bloco colabora ainda com outras organizações similares como a anglófona Commowealth, a Organização Internacional da Francofonia, e a Organização Ibero-Americana.

//ONU

 

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu