PAIGC pede a Governo guineense que determine data para final do recenseamento

PAIGC pede a Governo guineense que determine data para final do recenseamento

O Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) pediu hoje ao Governo da Guiné-Bissau para anunciar uma data para o final do recenseamento eleitoral para serem marcadas eleições legislativas.

“Há necessidade de o Governo determinar o término do recenseamento, porque há uma incerteza absoluta. Havendo o término do recenseamento isso vai permitir que o senhor Presidente da República defina a data das eleições”, afirmou o porta-voz do PAIGC, João Bernardo Vieira.

Segundo João Bernardo Vieira, se o Governo não marcar uma data para o final do recenseamento eleitoral, o “Presidente terá argumentos para continuar a adiar a fixação da data”.

“Nós entendemos que é urgente que o Governo o faça, entendemos que deveria ter sido hoje o fim do recenseamento, mas neste momento há uma incerteza e ninguém sabe quando é o término do recenseamento”, salientou.

A Guiné-Bissau deveria ter realizado eleições legislativas a 18 de novembro, mas o escrutínio foi adiado devido a atrasos no recenseamento eleitoral.

Em outubro, a ministra da Administração Territorial, Ester Fernandes, disse que o recenseamento iria ser prolongado por mais um mês, até 20 de novembro, mas, entretanto, o registo de eleitores continua a decorrer.

O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, já fez saber que só vai marcar uma nova data para as eleições legislativas depois de o recenseamento eleitoral ter abrangido a maior parte dos cidadãos eleitores.

O PAIGC faz parte do Governo que está atualmente em funções na Guiné-Bissau.

Lusa

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Share on Google+
Google+
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu