MOHAMED SALAH ELEITO MELHOR JOGADOR AFRICANO DE 2018

MOHAMED SALAH ELEITO MELHOR JOGADOR AFRICANO DE 2018

Atacante egípcio Mohammed Salah, foi eleito o melhor jogador africano de 2018 em cerimônia realizada pela CAF em Dacar.

O atacante egípcio Mohamed Salah (Liverpool) conquistou na terça-feira (08.01), pelo segundo ano consecutivo, o prémio de melhor jogador africano do ano, concedido pela Confederação Africana de Futebol (CAF).Mohamed Salah, que era o favorito, venceu o seu colega senegalês Sadio Mané e outro artilheiro do campeonato inglês, o gabonês Pierre-Emerick Aubameyang (Arsenal) numa cerimónia realizada na capital senegalesa, Dacar.

Salah, tornou-se assim no quarto jogador africano a ganhar o troféu duas vezes seguidas, após o senegalês El Hadji Diouf (2001, 2002), Samuel Eto’o (2003, 2004) e o marfinense Yaya Toure (2011, 2012). “Dedico este prémio ao meu país, o Egito”, disse numa breve declaração o vencedor, antes dos discursos do presidente da CAF, Ahmad Ahmad, e do Presidente da Libéria, George Weah, ex-jogador de futebol e o único africano até agora a ser galardoado com a bola de ouro.

O prémio para a melhor jogadora do ano foi para a sul-africana Chrestinah Thembi Kgatlana, a artilheira do CAN 2018 Feminina, e também autora do melhor golo marcado em 2018 no continente.

O selecionador do Marrocos, Hervé Renard, foi considerado pela terceira vez o treinador do ano para uma equipa masculina, enquanto o título de melhor treinadora de uma equipe feminina foi atribuído a Desiree Ellis, da seleção da África do Sul, finalista do CAN-2018 e privada de título pela Nigéria no termo de grandes penalidades.

O prémio para a melhor equipa feminina também foi concedido à Nigéria, enquanto a Mauritânia foi distinguida como a melhor das equipas masculinas.O prémio para o melhor presidente da Federação foi entregue pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino, ao marroquino Fouzi Lekjaa. “É sempre um prazer estar em África”, disse o Presidente da FIFA, Infantino, atualmente a realizar um périplo pela África Ocidental, tendo na cerimónia em Dacar elogiado o que considerou ser “um continente que vive o futebol com entusiasmo, coração e emoção”. O marroquino Achraf Hakimi, do Borussia Dortmund (Alemanha), foi escolhido como o melhor jogador jovem do continente.

Fonte: DW

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu