LANÇADO PORTAL DE NOTÍCIA CULTURAL NA GUINÉ-BISSAU

LANÇADO PORTAL DE NOTÍCIA CULTURAL NA GUINÉ-BISSAU

Um grupo de jovens jornalistas guineenses lançou quinta-feira (01.02) um portal cultural para dinamizar, promover e valorizar a cultura da Guiné-Bissau.

O Portal cultural, denominado “Udjus di Guiné”, que em português significa Olho de Guiné, visa contribuir essencialmente no desenvolvimento da cultura guineense e ainda incentivar o jornalismo cultural no país.

Carlos Amadu Baldé, jornalista e um dos mentores da iniciativa, disse que um dos objectivos da criação do site é de cultivar diariamente este espírito no seio da sociedade guineense.

“Queremos ajudar na promoção e valorização da cultura no seio da sociedade guineense, temos os nossos valores que é cultivar diariamente o espírito da cultura no seio dos guineenses, através de um jornalismo de competência, de rigor e técnico profissional. Garantido sempre a protecção do direito de criadores, atores e demais desenvolvedores de ideia que serão publicados neste portal”, argumentou Amadu Baldé.

O portal lançado na Direcção geral da Cultural vai agrupar todos os vectores e componentes culturais que existem na Guiné-Bissau, desde a literatura, artes, dança e música, teatro, cinema, tecelagem, moda e todas as tradições reconhecidas como sendo traços culturais, indicou ainda Amadu Baldé.

Discursando na cerimónia do lançamento oficial do portal cultural, Carlos Amadu Baldé, instou aos jornalistas a cultivar a responsabilidade pelo gosto das notícias culturais.

“O projecto é para cultivar entre os jornalistas o gosto pela promoção das notícias culturais, por isso, vamos ter que gostar e divulgar a nossa cultura, não só a política, o desporto  como também no domínio cultural”, acrescentou Amadu Baldé.

Na ocasião, o director do portal, o jornalista Sene Camara, apelou a todos guineenses para mobilizarem em prol do bem-estar da cultura do país.

Para Camara, o sucesso e progresso desta iniciativa são fundamentais  através do apoio de todos os atores culturais no sentido de alavancar a cultura da Guiné-Bissau.

Para além do portal cultural, os jovens jornalistas perspectivam criar uma Rádio online que vai falar também só do componente cultural e a longo prazo pretendem criar uma TV online.

De salientar que o portal pode ser acessado a partir do endereço :  http://www.udjusdiguine.com/

// Alison Cabral

 

Deixe uma resposta

Close Menu