INUNDAÇÕES DEIXAM POPULAÇÃO DE BAFATÁ EM RISCO DE FOME

INUNDAÇÕES DEIXAM POPULAÇÃO DE BAFATÁ EM RISCO DE FOME

As populações da cidade Bafatá, leste do país correm enorme risco de enfrentar fome nos próximos tempos devido a subida do nível das águas do rio Geba, constatou esta terça-feira (29 de Agosto de 2017) a reportagem da Rádio Jovem.

De acordo com relato do correspondente da Radio Jovem em Bafatá que percorreu as bolanhas mais afetadas, a subida da água causou danos irreparáveis da colheita, nomeadamente o arroz das famílias camponesas daquela região da Guiné-Bissau.

Em declaração a nossa estação emissora, Cumba Nanco, um das camponesas, pede apoio urgente do governo perante risco eminente de fome que muitas famílias podem enfrentar.

“Estamos muitos preocupados com os danos da nossa colheita, por isso apelamos ao governo que nos ajude a reverter esta situação que pode deixar muitos de nós com fome nos próximos meses”, declarou Cumba Nanco.

Segundo informação disponível, as populações da “Fa Mandinga e Bangacia Cosse”, são as localidades mais afetadas com a subida do nível da água e vivem exclusivamente da produção do arroz.

De salientar ainda que no sector da Nhacra, a 30 quilómetro da capital Bissau, uma bolanha no sector de Nhacra que está completamente inundada devido a má construção da via de acesso entre duas aldeias, nomeadamente “Rochum Morna e Jugudul Có”.

A via de acesso construída dentro de bolanha fez com que a corrente de água atingiu por completo os diques de proteção que serviam de barreira, segundo relatos pela reportagem da Rádio Jovem junto dos agricultores que cultivam o arroz na aldeia.

No início da semana o Chefe de Estado, José Mário Vaz visitou a localidade e apelou o governo no sentido de uma rápida intervenção para recuperar uma bolanha.

Em declaração a imprensa após a visita, o Presidente da Republica, alertou o governo sobre a perda de enormes toneladas do arroz que a Guiné-Bissau poderá acarretar caso a situação não for resolvida.

//Djibril Culubali e Alison Cabral

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu