GUINÉ-BISSAU RECEBEU MAIS ‘55 KITS’ PARA RECENSEAMENTO BIOMÉTRICO

GUINÉ-BISSAU RECEBEU MAIS ‘55 KITS’ PARA RECENSEAMENTO BIOMÉTRICO

As autoridades eleitorais guineenses receberam esta quinta-feira (25.10) da Nigéria mais 55 ‘kits’ para o registo biométrico de eleitores, informou à Lusa fonte do Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE).

“Chegaram hoje mais 55 ‘kits’, os restantes chegam brevemente”, disse a mesma fonte.

O processo eleitoral em curso na Guiné-Bissau tem provocado fortes críticas dos partidos políticos sem assento parlamentar, do Partido de Renovação Social, segunda maior força partidária do país e que integra o atual Governo, e da sociedade civil.

Em causa está, essencialmente, o recenseamento eleitoral que não decorreu entre 23 de agosto e 23 de setembro, como previsto, devido a atrasos na chegada dos equipamentos para recenseamento biométrico.

A Nigéria é que teve de avançar com a doação de 350 ‘kits’ para o recenseamento eleitoral, mas até hoje só tinham chegado ao país 150.

O recenseamento acabou por ter início em 20 de setembro.

Na última quarta-feira, a ministra da Administração Territorial, Ester Fernandes, afirmou que o recenseamento iria decorrer no prazo previsto por lei, que é de 60 dias, ou seja, deverá terminar em 20 de novembro, dois dias depois da data prevista para as legislativas (18 de novembro), que poderão ser adiadas.

Com a chegada de mais ‘55’ kits da Nigéria, ficam a faltar mais 145 que, segundo a fonte do GTAPE, vão chegar “brevemente”.

Segundo a Comissão Nacional de Eleições, já foram recenseadas 230 mil pessoas, aproximadamente 25% dos cerca de 900 mil eleitores estimados.

Fonte: Lusa

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu