Guiné-Bissau: Presidente-cessante condiciona formação do Governo à prorrogação do seu mandato

Guiné-Bissau: Presidente-cessante condiciona formação do Governo à prorrogação do seu mandato

O Presidente-cessante da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, pode estar a condicionar a formação do novo Governo à prorrogação do seu mandato até as eleições presidenciais.

A notícia é publicada pela e-Global, que cita uma fonte partidária, segundo a qual  “José Mário Vaz quer ter plenos poderes até ao fim”.

As eleições estão agendadas para 24 de Novembro deste ano. 

Esta posição surge após um longo impasse que terminou com a indicação de Aristides Gomes para o cargo de Primeiro-ministro, na semana passada.

Nomeado a 22 de junho, através e um decreto presidencial, Aristides Gomes, entregou ao Presidente, José Mário Vaz, a lista completa do seu elenco governamental, mas, este, não procedeu as respectivas nomeações.

O mandato de José Mário Vaz terminou este domingo, 23. Em função disso, os seus poderes são limitados, conforme determina a Constituição da República.

DW

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu