GUINÉ-BISSAU: ARMANDO MANGO ENTREGA PROGRAMA DO EXECUTIVO AO PARLAMENTO

GUINÉ-BISSAU: ARMANDO MANGO ENTREGA PROGRAMA DO EXECUTIVO AO PARLAMENTO

O ministro da Presidência do Conselho dos Ministros e Assuntos Parlamentares e Porta-voz do Governo da Guiné-Bissau, Armando Mango, entregou, esta segunda-feira, 26 de agosto, ao presidente da Assembleia Nacional Popular guineense, Cipriano Cassama, o Programa do Governo, na ausência do chefe de executivo, Aristides Gomes, que esta no Japão a participar na VII Conferência Internacional sobre o Desenvolvimento de África (TICAD).

Segundo Mango, o documento é fundamentalmente baseado no programa “Terra Ranka”, que pretende abranger as áreas de governação e paz, infraestruturas, industrialização, desenvolvimento urbano, desenvolvimento humano e biodiversidade, dando uma atenção especial ao sector da educação e saúde.

Em declarações aos jornalistas, depois de uma audiência de cerca de 30 minutos com o líder do hemiciclo guineense, Armando Mango revela que executivo trabalha afincadamente para que o ano escolar não seja anulado nas escolas públicas do país.

“Como sabem, o executivo já aprovou antes um programa de emergência e esse programa de emergência foi difundido e, é que o governo vai executar até ao mês de dezembro, no sentido de tratar o ano escolar da forma a não poder ser anulado” explicou.

De acordo com o governante, no programa de emergência, o governo decidiu extinguir os vistos da entrada para os cidadãos guineenses com dupla nacionalidade e acabar com barreiras não tarifárias.

O ministro da Presidência do Conselho do Ministros e Assuntos Parlamentares e Porta-voz do Governo disse que agora só falta o primeiro-ministro acertar a data com o presidente da ANP para discussão e eventual aprovação do programa do governo em sessão plenária do órgão.

Segundo indicação de Mango, o programa entregue ao Cipriano Cassama não inclui Orçamento Geral de Estado (OGE) para o ano económico de 2019, que foi aprovado na quinta-feira passada no Conselho do Ministros com uma receita total de duzentos e quarenta e seis bilhões e setecentos e noventa e dois milhões de francos CFA e uma despesa total de igual montante.

Por: AC

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

This Post Has 2 Comments

  1. Gotaria de Estar informado sobre
    GUINE

  2. Agora que è verdade ele deve candidetar para que ele completar o trabalho dele porque è o primeiro verdadeiro homem na Guinea-Bissau desde 73 a 74 atè agora.

Deixe uma resposta

Close Menu