FIFA APOIA DESENVOLVIMENTO DO FUTEBOL GUINEENSE

FIFA APOIA DESENVOLVIMENTO DO FUTEBOL GUINEENSE

O presidente da FIFA, Gianni Infantino, prometeu esta segunda-feira, 07 de Janeiro de 2019, apoiar a Guiné-Bissau na criação das infraestruturas de futebol para o desenvolvimento do desporto rei no país.

A garantia foi dada à imprensa por Infantino a saída de audiência com o Chefe de Estado guineense, José Mário Vaz, no Palácio da República, na qual reconhece que o país tem talento, coração e paixão pelo futebol.“A Guiné-Bissau tem talento, coração e paixão pelo futebol, por isso, temos que trabalhar juntos, a Federação, o governo e o Presidente da Republica para desenvolver o futebol.

Necessitamos de infraestruturas e ajudas, neste sentido vamos investir recursos financeiros e humanos da FIFA no país”, afirmou Infantino.Durante a sua visita de cerca de quatro horas a Guiné-Bissau, Infantino teve reuniões de trabalhos o presidente da Federação de Futebol, ministro dos Desportos e o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes e revela a vontade do Presidente guineense em dar o seu apoio a sector de futebol no país.Aos jornalistas, suíço-italiano que está a frente da entidade máxima do futebol mundial, assegura que nos próximos tempos a FIFA vai definir os projetos de apoio ao desenvolvimento de futebol no país.

Questionado pela imprensa se a FIFA tem acompanhado os apoios financeiros que tem dado a Guiné-Bissau, Infantino afirma que o órgão que gere o futebol mundial tem dado seguimento aos projetos a desenvolver no país.

Relativamente as alegadas denúncias de gestão danosa dos fundos doados pela FIFA, Infantino disse que organismo que gere o futebol mundial já tem conhecimento das referidas denúncias de um grupo de dirigentes de futebol guineense.

Na ocasião, o presidente da Federação de Futebol guineense, Manuel Nascimento Lopes, revela que a instituição que dirige vai sincronizar ideias para apresentar um projeto para o desenvolvimento no país.A visita de Gianni Infantino a vários países da sub-região, acontece numa altura que concorrer para segundo mandato a frente da FIFA, neste sentido, “Manelinho”, como é conhecido líder máximo do futebol nacional, promete total apoio da Guiné-Bissau na sua candidatura.

A FIFA é uma das principais financiadoras do futebol guineense, nomeadamente a nível de construção de campos, a própria sede da federação e formações dos agentes daquela modalidade.

A Guiné-Bissau, cuja federação de futebol foi fundada em 1974, é membro da FIFA desde 1986.

 Por: Alison Cabral

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu