DOMINGOS SIMÕES PEREIRA: “CASO EU FOR ELEITO PRESIDENTE VOU USAR A MINHA MAGISTRATURA PARA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA TERRA RANKA”

DOMINGOS SIMÕES PEREIRA: “CASO EU FOR ELEITO PRESIDENTE VOU USAR A MINHA MAGISTRATURA PARA IMPLEMENTAÇÃO DO PROGRAMA TERRA RANKA”

O candidato suportado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo-Verde(PAIGC), Domingos Simões Pereira, afirmou que caso for eleito Chefe de Estado da Guiné-Bissau no próximo domingo vai usar a sua magistratura de influência para permitir a implementação do programa “Terra Ranka”, nos próximos 5 anos da sua presidência.

“Caso eu for eleito Presidente da República vou criar condições para que o programa “Terra Ranka” seja implementado nos primeiros 5 anos do meu mandato”, afirmou Domingos Simões Pereira.

Simões Pereira falava esta quinta-feira, 21 de novembro, na vila de Kupul, sector de Prabis, nos arredores de Bissau. O candidato do PAIGC estava ladeado de vários dirigentes do PAIGC, com destaque para o veterano de guerra, Carlos Correia e Cipriano Cassamá.

Pereira diz que enquanto Presidente guineense vai sensibilizar o executivo no sentido de dar atenção as vilas arredores da capital, incluindo Kupul, que enfrenta enormes dificuldades sociais.

Respondendo apelo dos citadinos da comunidade local, o candidato e líder do PAIGC revela que nos próximos dias o seu partido vai disponibilizar fundos para fazer cobertura da feira local.

De referir que o programa “Terra Ranka”, foi aprovado recentemente pelo parlamento, permitindo ao governo ter já um dos instrumentos indispensáveis para o governação.

No documento, que conta com 5 eixos prioritários, destaca-se o combate ao crime organizado, a segurança e a estabilidade do país, bem como o restabelecimento da confiança na Guiné-Bissau para atração de mais investimento.

Por: AC

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu