“DJURTUS” DERROTADOS NA ESTREIA DO CAN-2019 POR 2-0

“DJURTUS” DERROTADOS NA ESTREIA DO CAN-2019 POR 2-0

A Seleção nacional de futebol foi derrotada esta terça-feira, 25 de Junho, por duas bolas sem resposta frente a seleção camaronesa de futebol, na sua estreia no campeonato africano de futebol.

O jogo contava para a primeira jornada de grupo F, do campeonato africano das nações, disputado no “Ismailia Stadiun” com capacidade para 18500 espectadores.

A turma nacional sentiu muita dificuldade na partida, apesar de criar algumas situações de golo, sobretudo na primeira metade.

Os cameroneses dominaram os primeiros 45 minutos e criaram varias situações de golo, mas não foram eficazes na finalização.

Os Djurtus sentiram varias dificuldades na zona de construção, e poucas vezes conseguiram sair com critério para o meio campo contrário.

O meio campo não conseguiu fazer ligação ao ataque deixando o ponta de lança, Frederic Mendy, sozinho na zona mais avançada do terreno de jogo.

A formação guineense criou apenas duas situações flagrantes de abrir o marcador na primeira metade, mas Judinilson Mamadú Tuncará Gomes (Pelé) não acertou o alvo. E Tony Silva demorou muito para aproveitar uma abordagem de lance do experiente guarda Redes de Ajax e Camerões, Onana.

Na segunda parte, os camaroneses aumentaram a intensidade na partida, e subiram as linhas e exerceram a pressão alta, obrigando os comandados de Baciro Candé a perder o controlo de bola, no seu meio campo defensivo.

Camerões chegou a vantagem na sequência de um cruzamento de canto bem executado por Toko Ekambi e o defesa central, Yaya Banana que estava solto de marcação e sozinho fez o um a zero.

Três minutos volvidos, o recém-entrado, Bahoken que precisou de 2 minutos para fazer 2-0 aos 69 minutos, fixando o resultado final a favor dos camerões.

Os “Djurtus” correram atrás do prejuízo, mas o máximo que conseguiram foi uma bola no poste de Piquete Djassi, depois de um cruzamento, a bola “beijou” o poste direito a defesa de Onana.

Importa salientar que o mister Baciro Candé não operou grandes mudanças na sua equipa inicial, dos jogos de fase de qualificação, entrando apenas Mamadú Candé no corredor esquerdo, que habitualmente ocupado por Bacar Baldé que se lesionou-se no amistoso frente aos “palancas negras” de Angola.

A seleção nacional entra em campo frente à Benin no dia 29 de Junho com obrigaçao de pontuar na segunda jornada, para poder continuar a sonhar em chegar a proxima fase da prova.

Por: Alcene Sidibe

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu