DITO MAX APELA JOVENS DE GABÚ A APOSTAREM NA FORMAÇÃO PARA COMBATER À POBREZA

O Conselheiro do Chefe de Estado para área da juventude, Dito Max, apelou os jovens da região de Gabú, leste do país na necessidade de apostarem no ensino de qualidade como meio fundamental para lutar contra a pobreza.
Para Dito Max, os jovens da região devem apostar no enriquecimento do conhecimento no sentido de responder as necessidades da comunidade local, destacando o papel das organizações juvenis na capacitação dos seus membros.
“Conhecimento é única ferramenta que nos ajuda a crescer pessoalmente e a contribuir para o desenvolvimento do nosso país” sublinhou o responsável.
Dito Max, falava no último fim-de-semana na região de Gabú, a margem da entrega dos certificados de formação aos jovens formados na região, organizado pela associação juvenil para melhoria de ambiente, educação, saúde e proteção de jovens (AJUMAES/PJ).
Nesse sentido, o conselheiro do presidente da Republica para a juventude disse esperar que os conhecimentos adquiridos durante a formação serão postos em prática para beneficiar a comunidade.
Embora reconhece a falta das instalações dos centros universitários em Gabú, o Conselheiro do Chefe de Estado para área da juventude, apelou os jovens aproveitarem alguns centros de formações na região para adquirirem o conhecimento. Segundo disse “aproveitem no máximo os centros de formação existentes aqui na região porque é fundamental”.
Segundo Max, é possível estudar internamente e ser bom quadro, acrescentado que ele e alguns jovens são exemplo de que é possível estudar no país e ser um excelente quadro.
Na mesma ocasião, o antigo Presidente da Rede Nacional das Associações Juvenis (RENAJ), Osvaldo Coró Nanque, defende que só com a formação que os jovens poderão atingir os seus objetivos.
Coró Nanque acredita que a formação é o caminho mais ideal para lutar contra pobreza e de contribuir para o desenvolvimento sustentável, pelo que, na sua visão, todos os jovens devem enveredar pala a formação.
O antigo líder da “RENAJ” elogiou ainda a iniciativa AJUMAES/PJ em capacitar os jovens daquela região, que segundo ele vai também, ajudar na sensibilização para a prevenção das doenças sexualmente transmissíveis.
Por fim, o Coordenador “AJUMAES/PJ” realçou, na sua intervenção, o papel das associações juvenis da região de Gabu na luta contra delinquência juvenil nos últimos 16 anos.
Nesta ação de formação de intercâmbio que decorreu no mês de Abril na região de Quinara participaram os jovens de Gabú e Buba, segundo informações recolhido pela Rádio Jovem.
Os jovens debaterem a questão de saúde sexual reprodutiva, associativismo e voluntariado.

//Alison Cabral e Alcene Sibidé

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu