Detenção dos dirigentes do coletivo Carta 21.

Detenção dos dirigentes do coletivo Carta 21.

A LGDH teve a confirmação da detenção de 11 dirigentes do Colectivo Carta 21, uma agremiação de estudantes para exigir o direito à escola.
Segundo fontes fidedignas, os estudantes estavam reunidos na madrugada desta terça-feira numa das escolas públicas, foram surpreendidos com a presença dos agentes da polícia, os quais deram-lhes ordens de detenção imediata.

A liberdade de reunião e da manifestação é um direito constitucional que assiste a todos os cidadãos, o seu exercício não carece de autorização de quem quer que seja.

A LGDH exige do Ministério do Interior, a libertação imediata e incondicional dos estudantes.
Reivindicar não é um #crime, é um #direito que assiste à todos os cidadãos.

Libertem já os estudantes antes que seja tarde demais.

Fonte: LGDH

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu