DESAFIOS PARA INTEGRAR A GUINÉ-BISSAU NA AGENDA 2063 DE ÁFRICA

DESAFIOS PARA INTEGRAR A GUINÉ-BISSAU NA AGENDA 2063 DE ÁFRICA

O economista guineense, Paulo Gomes será orador de uma palestra no próximo dia 25 maio sobre “como integrar a Guiné-Bissau na visão 2063 da União Africana”, informaram nesta quinta-feira os organizadores do evento.

A palestra do ex-alto funcionário do Banco Mundial e ex-candidato independente nas eleições presidenciais de 2014 no país está prevista para acontecer às 17h00, num dos hotéis da capital guineense, no dia de África.
Uma iniciativa da organização “UDJUS DI AFRICA”, para assinalar o Dia da África ou o Dia da Libertação da África, contará com animação do musico guineense, Binham Quimor.

A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o dia 25 de maio para incentivar a cooperação entre todos os países africanos e o bom relacionamento entre e todas as outras regiões do mundo, esta data transformou-se progressivamente também numa ocasião de afirmação do combate dos povos do Continente Africano pela liberdade, pela paz e pelo desenvolvimento.

Há mais de 60 dias, depois da realização das eleições legislativas no país, os guineenses continuam a não conhecer o governo resultante do escrutínio de 10 de março de 2019.

A situação política da Guiné-Bissau afetou por completo a vida dos cidadãos guineenses. As sucessivas paralisações nas escolas públicas podem comprometer o presente ano escolas e a má campanha de comercialização da castanha de cajú, principal produto da exportação do país, está entre outras situações que podem complicar ainda mais a vida dos guineenses, se medidas para acabar com o impasse no parlamento e consequente formação do governo não forem tomadas.

Em geral, quando se fala sobre o continente africano, o tom é negativo e pessimista. Mas esse não é o único jeito de olhar para a região.

Por: AC

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu