Derradeira semana de todas as decisões para o Presidente da Guiné-Bissau

Derradeira semana de todas as decisões para o Presidente da Guiné-Bissau

O Presidente de República, José Mário Vaz, que termina o mandato oficialmente no próximo domingo, dia 23, deverá nomear e empossar o novo primeiro-ministro, o novo Governo e ainda marcar a data para a realização das eleições presidenciais tudo no decurso desta semana, informa uma fonte oficial do Estado à Rádio Jovem.

A agenda carregada do primeiro Presidente a terminar o mandato começa nesta segunda-feira, dia 17, com encontro com a delegação da União Africana que chegou a Bissau neste domingo para avaliar a crise política, três meses depois das eleições legislativas. A missão do Conselho de Paz e Segurança da União Africana não só terá encontro com José Mário Vaz, mas também vai reunir-se com os parceiros internacionais, as autoridades, partidos políticos com representação parlamentar, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, sociedade civil e com os partidos políticos sem representação parlamentar.

Ainda da agenda do Presidente guineense para esta segunda-feira consta o ato simbólico com a seleção nacional de futebol, Djurtus, que vai ao Palácio receber das mãos do Chefe de Estado a bandeira nacional, que será levada para o Egito, palco do CAN 2019.

Depois, José Mário Vaz deverá enviar uma carta ao partido que será convidado a indicar o nome do futuro primeiro-ministro e, posteriormente, formar o Governo. A fonte não soube precisar será o partido vencedor das eleições legislativas. Está previsto que o novo primeiro-ministro seja conhecido antes da próxima quarta-feira.

A mesma fonte oficial indica que o Presidente depois de ouvir os 49 partidos políticos legalizados, o Governo e a CNE, nesta terça-feira, deverá imediatamente fixar a data das presidenciais para outubro ou novembro deste ano. Até sexta-feira ao final do dia, o Presidente pretende empossar o novo Governo, antes de terminar oficialmente o mandato no domingo, dia 23. E, de acordo com a lei eleitoral, uma data deve ser marcada para eleições presidenciais entre 23 de outubro e 25 de novembro”.

Saliente-se que José Mário Vaz permanecerá no Palácio até a realização das presidenciais, mas com poderes limitados a partir da próxima segunda-feira.

Caso para dizer, que todos os caminhos vão dar ao Palácio da República nesta semana, já que José Mário Vaz poderá confirmar se será candidato a sua sucessão ou não, tal como havia prometido!

Braima Darame

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu