CR7 defende-se: “Nunca ocultei nada nem tive intenção de fugir ao Fisco”

CR7 defende-se: “Nunca ocultei nada nem tive intenção de fugir ao Fisco”

Internacional português é acusado de evasão fiscal no valor de 14,7 milhões de euros.

Após ter deixado o Tribunal de Instrução n.º 1 de Pozuelo de Alarcón sem prestar declarações às centenas de jornalistas que o aguardavam, Cristiano Ronaldo emitiu um comunicado onde se defende das acusações de que é alvo.

O internacional português, suspeito de defraudar o Estado espanhol em 14,7 milhões de euros, receita proveniente da exploração de direitos de imagem, assegura que sempre entregou “as declarações de impostos de forma voluntária”, já que “todos têm que declarar e pagar impostos de acordo com as receitas”.

“A Agência Tributária espanhola conhece, ao detalhe, todas as minhas receitas, porque os entregámos. Nunca ocultei nada, nem tive intenção de fugir ao Fisco”, assegurou o avançado do Real Madrid, que revelou, ainda, um pedido expresso feito aos seus assessores: “Que tenham tudo em dia e pago corretamente, porque não quero problemas”.

Cristiano Ronaldo desmente, assim, ter criado “uma estrutura especial para gerir os direitos de imagem”, tendo, sim, “mantido a que geria quando jogava em Inglaterra”, que, por sua vez, “foi comprovada pela Agência Tributária inglesa como legal e legítima”.

O jogador termina com um apelo: “É momento de deixar a Justiça trabalhar. Acredita na Justiça e espero que, também neste caso, haja uma decisão justa. E, com o propósito de evitar pressões desnecessárias ou de contribuir para um juízo paralelo, decidiu que não voltarei a fazer mais declarações sobre este assunto até que haja uma decisão”.

//Desporto ao Minuto

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu