COVID-19: GUINÉ-BISSAU ADMITE ALARGAR RASTREIO DE BISSAU A TODO O PAÍS

COVID-19: GUINÉ-BISSAU ADMITE ALARGAR RASTREIO DE BISSAU A TODO O PAÍS

As autoridades guineenses pretendem alargar os serviços do Laboratório Nacional de Saúde Pública a nível do território nacional para fazer exames às pessoas suspeitas de terem contraído o novo coronavirus na Guiné-Bissau, graças a equipamentos que recebeu dos parceiros para o combate ao civid-19 no país.

A garantia foi dada à imprensa esta terça-feira, 21 de abril, por Tumane Baldé, membro da comissão internacional, durante a atualização do boletim diário da doença no país, nas instalações do Ministério de Saúde Pública, em Bissau.

“A capacidade institucional e técnica do laboratório está muito melhorada, por isso, eu penso que nos próximos dias teremos a capacidade de fazer mais exames e pretendemos alargar este serviço para as regiões”, afirmou Tumane Baldé.

De acordo com Baldé, neste momento está em curso um trabalho técnico no sentido de melhorar a capacidade do laboratório nacional.

Embora sem novos casos de infeção nos últimos quatro dias, a grande preocupação das autoridades neste momento é a região de Cacheu, concretamente o setor de Canchungo, que tem 13 pessoas com a doença.

Nesta senda, Baldé assegura que o Centro de Operações de Emergência de Saúde (COES) está a trabalhar para estancar a propagação de covid-19 naquela cidade que fica a cerca de 80 quilômetros da capital Bissau.

O país tem até hoje 50 casos confirmados de Covid-19, 3 dos quais curados, distribuídos pelo setor autónomo de Bissau (32), Canchungo (13) e Biombo (5).

Com elevado números de pessoas com covid-19, o Presidente declarado vencedor das eleições presidencais da Guiné-Bissau pela Comissão Nacional de Eleições (CNE), Umaro Sissoco Embaló, admitiu esta segunda-feira prolongar o Estado de Emergência que tem a vigência de 15 dias.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 176 mil mortos e infetou mais de 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Fonte: Covid-19 GB

Deixe uma resposta

Close Menu