CARLOS GOMES JÚNIOR REGRESSA A GUINÉ-BISSAU NO DIA 18 DE JANEIRO

CARLOS GOMES JÚNIOR REGRESSA A GUINÉ-BISSAU NO DIA 18 DE JANEIRO

O antigo primeiro-ministro, Carlos Gomes Júnior, vai regressar a Guiné-Bissau no próximo dia 18 do mês em curso, disse terça-feira, 09 de Janeiro de 2018, o coordenador do Movimento Nacional Cívico “NO DJUNTA MOM PA FIDJUS DI TCHOM RIBA CASA”.

“Cadogo”, como é conhecido no país, foi afastado do poder em Abril de 2012, na sequência de um golpe de Estado militar, juntamente com o Presidente da República interino, Raimundo Pereira, na altura.

Em conferência de imprensa, Fernando Gomes, afirmou que já existem todas as condições necessárias para o regresso de Gomes Júnior a Guiné-Bissau.

“O cidadão Carlos Gomes Júnior vai regressar ao país no dia 18 de Janeiro do ano em curso e resto para precisarmos a hora da sua chegada a Guiné-Bissau devido a questões burocráticas. Neste sentido queremos a colaboração de todos guineenses na recepção do político que foi presidente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) ”, declarou Gomes.

Para além do regresso do antigo primeiro-ministro, o movimento está a trabalhar para o regresso de todos os cidadãos guineenses que foram forçados a viver no exílio, nomeadamente Francisco Fadul que também foi primeiro-ministro, referiu ainda Fernando Gomes.

De referir que desde 2012, o regresso de Carlos Gomes Júnior a Guiné-Bissau tem sido tema de destaque na imprensa nacional e internacional. Vários intervenientes políticos aconselham o militante do PAIGC a abdicar desta intenção e a pensar seriamente na sua segurança.

De lembrar que apesar da mudança do chefe de Estado Maior General das Forças Armadas, ainda se mantém a mesma estrutura militar que deteve Gomes Júnior, durante vários dias, após o golpe de Estado.

Na altura, os militares interromperam o processo eleitoral. Carlos Gomes Júnior ocupava ainda o cargo de primeiro-ministro e candidatava-se à segunda volta das eleições presidenciais. Após ter ganho o primeiro turno, era apontado como favorito à Presidência.

// Alison Cabral

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu