BACIRO DJÁ: “FREPASNA SURGE PARA LUTAR CONTRA O PRECONCEITO ÉTNICO, RELIGIOSO E DA COLONIZAÇÃO”

BACIRO DJÁ: “FREPASNA SURGE PARA LUTAR CONTRA O PRECONCEITO ÉTNICO, RELIGIOSO E DA COLONIZAÇÃO”

O líder da Frente Patriótica de Salvação Nacional (FREPASNA), Baciro Djá, afirmou que o partido surgiu para ocupar um espaço de novas ideias, desprendido de preconceito étnico, religioso e da colonização na Guiné-Bissau.

De acordo com Djá, a FREPASNA é um partido que congrega jovens quadros guineenses para poder trazer condições de habitabilidade, emprego e criar condições para mecanizar a agricultura no país.

“A FREPASNA nasce com ideias novas, com jovens novos a fazerem política e não com a classe política ortodoxa que pensa única e exclusivamente em aceder o poder para resolver as mordomias e as fantasias, por isso, o partido surge exactamente para ajudar a resolver os problemas candentes da vida social dos cidadãos guineenses”, afirmou Djá.

Djá que foi primeiro-ministro guineense fez estas afirmações numa entrevista á Rádio Jovem e á RDP-África, a margem do primeiro congresso desta nova formação política, que decorreu no último fim semana (11 e 12 de agosto de 2018), na região de Biombo, sector de Prabis, concretamente no ilhéu de Gardete, onde foi confirmado como o líder da FREPASNA.

Na sua breve declaração, o político disse que é preciso criar condições para moralizar a justiça e todas as instituições do Estado da Guiné-Bissau. Djá aproveitou ocasião para relembrar aos políticos de que para entrar na cena política é preciso ter projeto para a sociedade, vocação, experiencia, relações internacionais e ser credível.

Formado em Psicologia, com formação em Cuba e França, Djá foi um dos quinze deputados expulsos do Partido da Independência da Guiné e Cabo-Verde (PAIGC), em 2016, por terem quebrado a disciplina partidária ao optar pela abstenção na votação da moção de confiança ao Programa de Governo apresentado por Carlos Correia ao parlamento.

Após a consagração como líder do partido, Djá, revelou que a FREPASNA vai apresentar-se nas eleições legislativas de 18 Novembro de 2018 para concretizar os sonhos dos combatentes da liberdade da pátria, que é trazer o bem-estar e o progresso para povo guineense.

De recordar que Djá, foi confirmado na segunda-feira (13.08), como líder da FREPASNA, para um mandato de quatro anos.

Por: Alison Cabral

Partilhar esta notícia...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email

Deixe uma resposta

Close Menu