Inicio

| WWW.RADIOJOVEM.INFO | 102.8MHZ | 24/24 & 7/7 |

JOEL ALÓ FERNANDES, NOMEADO NOVO REITOR DA UAC

12 Janeiro 2018 Notícias





A única Universidade pública da Guiné-Bissau, Universidade Amílcar Cabral (UAC) tem um novo reitor, anunciou na passada quarta-feira, 10 de Janeiro 2018, o governo em comunicado de conselho de ministros.

Trata-se do advogado e professor universitário, Joel Aló Fernandes, que vai substituir Zaida Maria Pereira que estava no cargo desde 20 de Setembro de 2014.

De acordo com o mesmo comunicado na posse de Rádio Jovem, o colectivo governamental não justificou a razão da mudança da antiga reitora e nem avançou com mais detalhes sobre a nomeação do actual.

Apesar dessa mudança, a única instituição pública de ensino superior da Guiné-Bissau não está a funcionar normalmente desde a sua desmembração com o grupo lusófono, pelo menos, no que tem a ver com a oferta dos cursos superiores.

Em Setembro de 2016, numa entrevista a DW África, a reitora cessante afirmou que a UAC não está a funcionar devido à falta de recursos e paga as diversas despesas com o próprio salario.

“Quando recebo o meu salário pago a senhora da limpeza, pago o serviço de internet, o jardineiro, senão ninguém teria condições de entrar aqui. Está tudo sujo”, revelou na altura Zaida Pereira.

De acordo com Pereira, “o problema de abertura de apenas um curso não tem só a ver com o pagamento de salário dos professores”. A reitora cessante disse ainda que a manutenção de um curso de ensino superior requer “toda uma maquinaria e essa maquinaria não se inventa”.

Com sede em Bissau, a UAC foi criada pelo decreto n° 6/99 de 6 de Dezembro de 1999, como uma universidade pública, mas em Novembro de 2008, o Executivo alegou falta de condições para financiar a instituição.

A única instituição pública de ensino superior do país, desde então, vem passando por uma profunda reestruturação, após ter sido extinta em 2008, e suas estruturas terem sido absorvidas pela Universidade Lusófona. Após cinco anos desativada, UAC retomou suas atividades e em 2014 a instituição passou a ter uma reitoria.

Ainda no capítulo das nomeações, o governo fez algumas movimentações do pessoal da administração pública, tendo no ministério de justiça, nomeado Quintino da Silva, novo Secretario Geral, Cletche Na Isna, Inspetor Geral e Umaro Embaló, Director Nacional de Interpol, e foi nomeado, no ministério de transportes e comunicação, Malam Manafa Jancó, Presidente de Conselho de Administração de Agencia de Aviação Civil da Guiné-Bissau.

// Redação

 





Partilhar

Deixa um comentário

O seu endereço de email não vai ser publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *